Home do site » Bnei Baruch Brasil » Rav Michael Laitman » Entramos no 2o Estágio da Pandemia. O que Vem Depois?
Entramos no 2o Estágio da Pandemia. O que Vem Depois?

Passamos o choque inicial da pandemia do corona vírus e agora entramos no que poderia ser considerado seu segundo estágio. Agora entendemos que o vírus está aqui para ficar por um tempo, que abrange o mundo inteiro, e muitos de nós já nos acostumamos a ficar em casa e a não trabalhar.

Ainda existem muitas perguntas sem resposta em relação à pandemia, por exemplo, quanto tempo durará e como nossas vidas serão após ele passar, mas o fato é que nos separamos de nossas vidas anteriores e estamos nos preparando para uma nova vida.

O corona vírus veio como um tsunami que limpou nossas vidas do supérfluo e do excesso, a fim de nos concentrar no que é realmente necessário e importante na vida.

Também, fico feliz em saber que muitas pessoas ao redor do mundo já veem a grande necessidade da civilização humana ser limpa da sujeira que estava acumulando.

E igualmente tenho a certeza de que nossas vidas serão diferentes do que eram antes que o corona vírus nos impactasse. Simplesmente seremos incapazes de restabelecê-las da maneira que eram antes.

Nós ainda não temos consciência da extensão que este vírus está nos mudando. Além de lavar as redundâncias de nossas vidas - tudo o que nossa natureza humana egoísta nos forçou a criar para nos beneficiar às custas da humanidade e da natureza - também nos "lava" internamente, ou seja, nossas atitudes uns com os outros e com a natureza , e sairemos desse período como pessoas diferentes.

Além disso, após este tsunami inicial da pandemia, lavando os excessos que nosso ego exagerado nos instou a criar, nós estamos desenvolvendo uma consciência maior da necessidade de sair da escravidão do ego, ou seja, de deixar de estar sob as demandas de nossos desejos de explorar os outros em benefício próprio, e começar a construir nossas vidas de novo, onde todo o excedente contribuiria para a construção de uma sociedade positivamente conectada.

Muitas pessoas sentadas em casa durante esse período estão acordando para a falta de sentido de correr atrás de objetivos egoístas, consumistas e materialistas.

Assim, hoje existe uma maior conscientização que uma vida mais simples e livre pode existir quando consideramos a necessidade de suprir nossas necessidades básicas e, além disso, considerarmos o que é mais importante na vida. Ou seja, quando pararmos de saturar nossas vidas com lixo que nos é anunciado e que nos sobrecarrega, poderemos começar a pensar em como preencher nossas vidas com o que é realmente importante.

 O que, então, é verdadeiramente importante na vida?

Se começarmos a nos conectar de uma maneira mais solidária, encorajadora e atenciosa em todo o mundo, nos vendo como iguais perante a natureza, então começaríamos a nos preparar com novas “ferramentas” que poderíamos usar para subir acima o nível de nossos relacionamentos egoístas e exploradores, e entrarmos em uma vida diferente.

 O que é esta vida diferente? Como ela apareceria?

Se implementarmos nossas conexões adequadamente, realizaremos conquistas que nunca experimentamos antes, nada menos que a vida eterna, uma vida que é seguida não pela morte, mas que é completa e perfeita.

Certa vez, pensamos em nosso universo como infinito, mas finalmente chegamos ao entendimento de que, embora exista há bilhões de anos, ele tem seu próprio limite. Contudo, ao realizar nossas conexões de uma maneira positiva - superando nossas atitudes egoístas uns com os outros - podemos descobrir um mundo ilimitado, o mundo espiritual eterno, que é independente do tempo físico, espaço e movimento, e que existe somente na nossa mudança de atitudes para com os outros: de egoísta para altruísta, de exploradora para solidária, de manipuladora para encorajadora, do próprio interesse para o interesse mútuo e do individualista para mutuamente responsável um pelo outro.

Portanto, além de suprir nossas necessidades neste período, sabiamente nos equiparíamos com a sabedoria da conexão - a sabedoria da Cabalá - que nos fornece um método testado pelo tempo, com o objetivo de nos ajudar a desenvolver essa mudança de atitude de nossas relações de uns com os outros.

Além de fornecer o método para realizar conexões positivas entre nós, a fim de descobrir toda uma nova realidade eterna, a sabedoria da Cabalá também explica as causas mais profundas por trás de todos os problemas e fenômenos que se desenrolam em nossas vidas.

É por isto que nossa organização aplica grandes esforços durante esta pandemia para explicar como e por que o vírus apareceu e para onde nos leva, tudo no contexto mais amplo do desenvolvimento humano dentro do plano da natureza.

Esperamos, assim, que, especialmente durante esse período único, a consciência da humanidade de como a natureza age em relação a todos nós como iguais aumentará, e que, se nos relacionássemos da maneira como a natureza se relaciona conosco, revelaríamos uma nova, harmoniosa e perfeita realidade.

 

 O que, então, é verdadeiramente importante na vida?